Seguidores

Volte Sempre!

ANUNCIE NO BAIANO SETEMBRINO

ATENÇÃO. IMPORTANTE!


Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Baiano Setembrino não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

Leiam também neste Site

Visitem o Grupo Boiadeiro Rei e vejam as Novas Matérias

terça-feira, 8 de julho de 2014

"Oração de um Cangaceiro"


Deus pai, protetor.
Não deixeis durmir quando a noite espreitar-me a morte.
Não deixeis sentir fome quando a necessidade me assolar.
Não deixeis sentir frio quando ocorrer-me arrepios na espinha.

Mestre no Universos.

Fazei que meus pés sejam mais rápidos do que de meus algozes.
Deixai que minhas mão sejam mais ligeiras que de minhas desavenças.
Me dê a graça de meus olhos enxergarem mais que o Carcará que corta o céu do Sertão.

Painho Deus. Se me for confortada a morte .
Que aos seus braços repouse.
 Perdoai minhas falhas e daí me a luz  para viver no paraíso.
Enfim dê meo perdão que nunca dei aos meus inimigos.


Baiano Zé Faísca





Carta de um Baiano

Bem irmãos este mês a homenageada é Nanã Buruque, porém também dedicamos este mês aos baianos. E como não fiz nenhuma postagem ligadas a ele, tenho um texto que acabou de ser psicografado, por um baiano, só peço irmãos que se divulgarem não esqueçam de escrever a autoria. Vale a pena conferir o texto, é muito bonito.

Carta de um Baiano

O sol sempre foi uma das preocupações, mas sem ele nunca teríamos sobrevivido, a seca é dura, mas ela nos faz lembrar o quanto somos fortes e guerreiros.

A poeira que cisma em subir faz nos lembrar que não somos mais do que isso perto da luz de nosso grande mentor.
Nossa vida foi dura, nossa vida foi difícil, mas mesmo assim, carregamos em nosso peito o sentimento de superação.
Nossos passos foram difíceis, nossos rostos marcados pelo sol e pelas incompreensões, mas este até hoje carrega um sorriso largo, a todos que nos pedem ajuda.
Alguns nos criticam, pois manipulamos há bebida um pouco demais, mas é que ainda estamos presos a nosso passado, e nosso amor é tanto pela vida que queremos de alguma forma nos sentirmos vivos. Alguns dizem que somos desequilibrados, mas digo que não, apenas cumprimos a lei sagrada, e essa ás vezes deixa marcas em nosso corpo etéreo. Outros vão mais além e dizem que somos a escória do plano espiritual, mas digo que não, somos humildes sim, fazemos trabalhos em lugares que poucos adentram, mas alguém deve fazer essas tarefas, mas infelizmente alguns não nos dão valor, mas o importante é que desde um nego veio até um Exu dá valor a nosso trabalho regenerador. 
Gosto de dizer que somos a ponta do punhal, a linha de frente dos trabalhos, talvez por este motivo sejamos tão incompreendidos. Mas digo a vocês irmãos queridos, é só nosso povo estar em terra que a alegria e a felicidade tomam conta do ambiente.
Somos um povo guerreiro que vencemos tamanhas dificuldades em vida, alguns de nós injustiçados pelas leis dos homens, outro coagido por terem seu modo de vida mais liberta, mas somos genuinamente brasileiros, e amamos esta terra, fomos um dos braços do progresso desse Torrão, e hoje baixamos no terreiro trazendo nossa energia amparando e limpando todo mal, para que nossos companheiros Exus efetuem seu trabalho.
Não pensem que esta carta é um lamento, e nem uma advertência ou desabafo, e sim um comunicado de quanto nós Baianos, Boiadeiros e Marinheiros, tanto amamos vocês encarnados.
E não se esqueçam queridos companheiros o quão mais perto da luz vocês estiverem, mais longe das trevas vocês estarão.

Baiano José Francisco, mais conhecido como “Zé Faísca”.

ANUNCIE BAIANO SETEMBRINO

VISITE NOSSO GRUPO DE ESTUDOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...